"Cada qual sabe amar a seu modo; o modo pouco importa; o essencial é que saiba amar." (Machado de Assis)

segunda-feira, abril 3

O Orkut mudou minha vida

Eu posso dizer que o Orkut mudou minha vida, ou me ajudou a mudar. Nesse sitezinho que é quase que unanimidade entre os internautas, eu reencontrei pessoas e conhecí outras tantas, as quais fazem parte da minha vida - seja do passado, do presente ou do futuro.

É muito estranho e até engraçado olhar para trás e ter a sensação de que sua história é realmente uma história, que parece até uma vida de alguém que não você. Parece algum conto da vida alheia, coisas que alguém comentou, que simplesmente passaram.

Mas aí vêm essas pessoas que sumiram e simplesmente estão de volta, aparecem como que por mágica lembrando da história em comum com carinho, e trazendo toda a bagagem, todo o passado, toda a alegria e tristeza da lembrança de algo que passou e se tornara apenas... uma história! E então, você lembra que aquilo tudo não são simplesmente páginas de diário rabiscadas, aquilo é tudo foi vivido por você, é o que você é, o que te fez ser o que é hoje, o que um dia você viveu.

Olhando bem ao redor, vemos o mundo e as pessoas em geral passando por uma fase em que procuramos a todo o tempo resgatar um "eu" que ficou esquecido, que ficou para trás na correnteza da vida, reencontrar pessoas que fazem parte da minha história é realmente tudo o que eu queria: elas se lembram do meu verdadeiro eu, não este que foi moldado na forja da vida. E esse reencontro com o passado traz em mente que é preciso mesmo retomar, de onde paramos, a nossa trajetória.

Em algum dia do passado, deixamos de ser quem somos para ser quem precisam que sejamos e isso hoje, pessoalmente falando, me mostra o quanto foi válido - mas também me mostra do tudo que eu tive que abrir mão. E isso, nem sempre é confortável para quem sente. Na minha "Trajetória do Louco", talvez eu esteja na carta da morte... tempo de transformação, tempo de mudança. Isso justifica muita coisa do que tenho sido atualmente - introspectiva, encolhida, quieta... optando por estar só em muitos momentos.

É... o Orkut mudou minha vida e acho que a de muitas pessoas também. Muito bom reencontrar essas pessoas. Espero não deixá-las para trás, nunca mais. :)

2 comentários:

Deko disse...

É verdade... o orkut tem seu lado bom e é exatamente esse que você mostrou... o lado de a gente poder "recuperar" as pessoas que nos faz montar o quebra-cabeça dessa vida que temos

Beijos maninha :D

Juli disse...

Primaaa...

esse é o post!!! hehehe Tudo o que você falou é a mais pura verdade... apesar de parecer uma coisa fútil, perda de tempo. Muitas vezes pensei em cancelar a minha conta, porém, justamente por ter encontrado muitas pessoas que estavam afastadas, desisti. A capacidade de um simples site como esse, de formar esse tipo de elo, é impressionante. O responsável por essa idéia deveria ser premiado não só por ser uma idéia que deu muito certo, mas por ela não deixar que a distância impere e nos proporcione tantas coisas boas.

Enfim... sem mais...
estou com saudades!!!

Mil beijos Juli

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...