"Cada qual sabe amar a seu modo; o modo pouco importa; o essencial é que saiba amar." (Machado de Assis)

terça-feira, março 20

O renascer

Eis o teu renascer, a tua presença a brilhar, a evoluir...
Muito fizeste por ti, muito estás a fazer, por isso, teu caminho é de paz.
Aos poucos, percebes que a tua alegria se irradia onde o perdão absorve toda culpa, onde a compreensão descansa nas calmas palavras que se desprendem do teu coração.
Aos poucos, encontras tuas portas abertas, teu amanhecer surgindo em um novo horizonte.
Aos poucos, teu coração encaminha-te a novos percursos, fazendo brotar em teus seixos novos milagres.
Tua sede vai diminuindo e o teu silêncio começa a ter formas, cores e aprendizados importantes na busca por ti mesmo.
Aos poucos, tua dedicação aumenta e a tua determinação começa a ganhar força.
Um incentivo que procede da tua própria vontade, da tua própria consciência.
Teus medos diluem perante a presença da luz e do amor que vem de ti, da tua entrega.
Tudo se completa em ti mesmo, teu ciclo desenrola-se dentro de ti.
Tua responsabilidade é grande e, ao mesmo tempo, tão pequena perto da proteção e da grande ajuda que recebes a cada momento em que optas por ti.
Ensina aos teus o que estás a ensinar a ti mesmo, percorre todos os caminhos por onde teu ser aspirar.
Atende aos chamados da vida que pulsam em ti e segue, na luz não há espinhos, tampouco a dor da solidão.
E ama, ama sempre.
Confia a ti o teu constante caminhar, e dá aos teus a tua melhor parte...
A parte que, neste momento, estás a alimentar, a parte que te enche os olhos de infinitas possibilidades de estar em paz para sempre.
Que assim seja, e que teus passos, um a um, sejam inocentes, amorosos e eternamente compartilhados.

2 comentários:

Suzi disse...

passos inocentes, amorosos e eternamente compartilhados.

isso é tudo, eu diria.

nataliarosilene disse...

Tu és legal!
Beijos...
Natália

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...