"Cada qual sabe amar a seu modo; o modo pouco importa; o essencial é que saiba amar." (Machado de Assis)

segunda-feira, outubro 2

Sou Nina

Meu nome é Nina, é Joana, é Ana
Sou muitas e sou uma só
Eu sou outono, inverno e primavera,
Sou tranquilidade e sou agitação

Vou sempre depressa e sempre devagar
Sigo a estrada, a trilha, a contramão
Peço licensa e atropelo também
Durmo, acordo, depois digo amém

Meu nome é Nina, é Clara, é Vitória
Sou Isabel, Maria e mais alguém
Sou mutante, sincera, estranha criação
De um Deus que quer que se viva bem

Sou do mundo e sou de ninguém
Tanto girei que fiquei fixa no chão
Tanto chorei que rio virei
E tanto sorrí que virei sol de verão

2 comentários:

André disse...

Nina: razão e sensibilidade... :)

Lindo.

Mosana disse...

Nina.. mulher.. menina..
lindo texto...
adorei!
Beijos sol de verão!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...