"Cada qual sabe amar a seu modo; o modo pouco importa; o essencial é que saiba amar." (Machado de Assis)

quinta-feira, janeiro 25

Cuidar de mim

Este janeiro está sendo um mês de reorganização dos meus pensamentos... e não apenas deles. Revisão de valores, percepção da humanidade das pessoas, auto-avaliação.

No final das contas, depois de muitos papos com duas grandes amigas, noites choramingando no MSN com pai e namorado, e várias barras de chocolate depois, caiu a ficha de várias coisas que me incomodam mas que vou providenciar rapidinho a melhoria. Algo como as minhas promessas de 2007, mas em um sentido mais amplo.

1 - Preciso cuidar mais de mim. O tempo vai passando, o mundo vai acontecendo, e você continua lá, estatelado, esperando as coisas acontecerem. E o tempo não tem pena, passa mesmo. Então, estou decidida a dar mais atenção a mim mesma. Antender mais aos meus anseios ao invés de priorizar o que os outros querem. Cuidar da minha saúde, da minha beleza, do meu bem estar. Faz parte da minha felicidade usar todo dia de manhã meu cremezinho anti-idade e fazer minhas unhas. Também quero voltar a mexer com o corpo. Men sana in corpore sano.

2 - Eu sou eu, e os incomodados que se mudem. Ninguém é obrigado a gostar de mim, como também não sou obrigada a sorrir o tempo inteiro, ser a mulher perfeita, a mais linda de todas ou a mais competente. Se eu não estou a fim de rir, eu não vou rir e ponto. Desagradou? Sai de perto então, vá procurar quem agrade. Quem tiver que gostar de mim, que goste exatamente como eu sou... com meus altos e baixos, minhas tpms, minhas inseguranças e destemperos, ou resolvida a trabalhar de tenis. Não estou mais disposta a mudar nada que eu não queira para ser aceita. A porta da rua da minha vida é serventia da casa.

3 - Não quero mais me torturar porque estou atrasada na faculdade, não vou me estressar com as mudanças no trabalho, não vou mais me meter onde não for chamada. Tou cansada de ser exigida o tempo inteiro. Não vou ficar olhando o relógio toda vez que me atraso, vou parar de prometer mais do que eu posso (ou quero) cumprir só pra não decepcionar alguém. Eu sou uma só, e me basto.

4 - Vou me respeitar mais. Afinal, pouquíssimas pessoas têm intimidade comigo para saber o quanto é dificil ser quem eu sou. E eu, que tenho a tendência a querer ser sempre a mulher-maravilha, vou respeitar todos os meus limites... isso é promessa. E dane-se se a fulaninha da novela é magérrima, ou se a cicraninha da Malhação é bronzeada. Quem gostar de mim vai gostar do jeito que sou... acima do peso, branquela, cabelo sempre despenteado. Porque EU vou me amar acima de todas as coisas. E vou comer mais chocolate e sorvete de creme.

5 - Minha diversão está em primeiro lugar. A vida inteira eu batalhei para fazer as coisas, e definitivamente preciso aproveitar o meu tempo. Quero ir mais à praia, comprar um par de patins, malhar, ler novos livros e mais revistas - até as de fofoca. Se eu tentar ser o tempo todo 100% responsável, 100% séria, 100% perfeccionista, eu vou surtar. Quero ser irresponsável, pateta, fútil ou até antipática quando me convier. E vou pagar sim a bendita da drenagem linfática, dane-se meu orçamento-hiper-ultra-controlado. "A vida é minha, o 'pobrema' é meu"

6 - Mais um Diamante Negro, por favor, porque já vou pra aula de macroeconomia entender porque o aumento da inflação reduz o desemprego.

5 comentários:

Andre disse...

Por isso que eu amo você maninha :D

um grande beijo para você e torço para você continuar na trilha certa...

Suzi disse...

vim te desejar um bom dia;
ainda não pude ler o texto;
mas volto depois, tá bom?
;o)

Nana Flash disse...

Tambem sempre me faço promessas, de ano novo e niver, porque sao perto. Negocio eh cumprir o resto do ano, hehehe.
Bjs!

France disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Amei a tua dica

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...