"Cada qual sabe amar a seu modo; o modo pouco importa; o essencial é que saiba amar." (Machado de Assis)

quarta-feira, fevereiro 7

"Encontrei um paradoxo... que, se você amar até doer,
não poderá haver mais dor, somente o amor."
(Madre Teresa de Calcutá)

4 comentários:

Andre disse...

Quem sabe, né?

Beijos

Mosana disse...

nossa.. amar ateh doer.. acaba a dor e resta soh o amor?
q profundo isso... e as dores de amor? inexistem?
¬¬
mto cafuso..

Suzi disse...

u-au!

Nina disse...

ow gente, isso foi uma forma poética de "amar intensamente" ^^

e tecnicamente o amor não faz doer momô ;P a não ser por saudade rs. (daí, por saudade, COMO dói!)

o que dói é a convivência apressada e descuidada, a divergência de personalidades, a falta de diálogo porque falta tempo, o conflito de interesses, nossos medos (99% das vezes infundados), etc. =)

bjim!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...