"Cada qual sabe amar a seu modo; o modo pouco importa; o essencial é que saiba amar." (Machado de Assis)

segunda-feira, janeiro 17

A roda do tempo

Eu tenho andado inspirada ultimamente... geralmente é assim quando eu me interiorizo, como tenho feito.

A música abaixo foi escrita a pouco, e é o retrato dos desencontros da vida. Espero que gostem da letra. A melodia que bolei pra ela é bonita, quando chegar em casa vou tirar.

------------

A Roda do Tempo

Um vulto andando à contramão
que vai chegar a algum lugar.
A flecha voa, há alguém atento,
e vai mudar algum placar.

Um passo a frente do seu tempo...
e quem irá lhe revelar?
Um sonho perdido ao vento,
e quem irá lhe alcançar?

Um beijo não é um contrato,
mas ele quer lhe assinar.
O telefone que não toca...
mas ela não vai esperar.

A vida passa então correndo
e quem fará ela parar?
A cada dia, um momento
e quem irá aproveitar?

Dois caminhantes desatentos,
que não irão se encontrar
E gira a roda do tempo...
E quem irá? E quem irá?

3 comentários:

André disse...

Puxa...
você deveria participar de algum concurso de novos talentos :)

Já pensou?

beijo

dea disse...

Eu não consigo analisar uma música só pela letra... mesmo quando a letra é muito boa, se o instrumental não agradar, eu não vou querer ouvir novamente. Sou chata, né? Mas não tô falando da tua não, é no geral :)

beijoca

dea disse...

Eu não consigo analisar uma música só pela letra... mesmo quando a letra é muito boa, se o instrumental não agradar, eu não vou querer ouvir novamente. Sou chata, né? Mas não tô falando da tua não, é no geral :)

beijoca

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...